Posição

Com o célebre Teatro La Fenice a poucos metros, os apreciadores da lírica encontrarão no Hotel Mercurio de 3 estrelas uma óptima solução para uma estada cultural em Veneza.

Com a basílica e a piazza di San Marco, a ponte e o famoso mercado do peixe e da fruta de Rialto e as exposições no Palazzo Grassi a apenas cinco minutos de passeio, os apreciadores das maravilhas artísticas de Veneza poderão, partindo do Hotel Mercurio, explorar cada recanto sinuoso da cidade.

Com a via XXII marzo a poucos passos do hotel, os irredutíveis das compras podem contar com as suas lojas e boutiques mais famosas.

Nas vizinhanças, o gótico Palazzo Contarini dal Bovolo do século XV é célebre pela característica escadaria exterior em bòvolo (caracol).

A vizinha Igreja de S.Moisè é caracterizada pela elaborada fachada barroca e pelo campanário em estilo veneziano do período trecentista com a agulha da torre em terracota. No seu interior, no altar principal, uma escultura representando o Monte Sinaï ao qual Moisés subiu para receber as Tábuas da Lei (os Dez Mandamentos). Encontram-se, além disso, algumas pinturas do século XVIII e setecentistas, como a Lavanda dei piedi de Tintoretto. Digno de nota, o órgão setecentista na parede da entrada, em que se representam cenas da história de Moisés.

Daqui, bastam cerca de cem metros para chegar e ficar estupefacto pela beleza da Piazza San Marco, onde se erguem a Basílica e o Palazzo Ducale. Estes magníficos monumentos, que o Hotel Mercurio aconselha vivamente a visitar, representam um fascinante compêndio de séculos de história, arte, testemunho do poder civil e religioso de Veneza nos seus tempos de máximo esplendor.

De San Marco partem as excursões para as ilhas de Murano, Burano e Torcello. Em Murano, templo da vidraria artística, visite o Museo Vetrario (Museu Vidreiro) e as fábricas que proporcionam uma visita guiada aos seus laboratórios. Burano é encantadora devido às características casas coloridas é à produção de rendas. Torcello, ilha outrora florescente em actividade comercial e hoje em dia idílica morada de poucas dezenas de habitantes, não pode deixar de ser visitada, pelos testemunhos de antigos povoados com o são a basílica e o museu que conserva preciosos achados, do período alto medieval e medieval.